Vágner Love admite procura do Flamengo, mas despista sobre possível retorno

O atacante Vágner Love pode voltar ao Flamengo ainda em 2018. Para isso, porém, o Besiktas precisa receber uma oferta rubro-negra e topar uma negociação – o que, segundo o próprio jogador, pode ter começado a acontecer.

Em entrevista nesta quarta-feira ao Esporte Interativo, Love disse que seu empresário, Evandro Ferreira, foi procurado no mesmo dia por um representante do clube.

“Procuraram meu empresário, o Evandro. Não sei o que foi conversado ainda. Não adianta eu falar enquanto não tem nada, até porque eu tenho contrato com o Besiktas”, disse Love,

À TV, o atacante de 33 anos assegurou não saber o assunto da conversa entre Evandro e o representante do Flamengo. A tendência é que os dois se encontrem nesta quinta-feira para conversar a respeito do assunto com o dirigente do clube.

“Eu sou um cara que gosta de conversar pessoalmente. Então, gosto que ele venha na minha casa e converse pessoalmente. O que ele falou é: ‘Houve uma pessoa comigo’. É isso que eu faço. Minha relação com o Evandro Ferreira é quase como de pai e filho, trabalho com ele desde os 15 anos. Amanhã a gente vai se encontrar e conversar a respeito do teor da conversa”, disse Love.

Caso o Flamengo faça uma proposta oficial, aí surge outra questão: o Besiktas. O jogador tem contrato com o clube turco até o fim da temporada 2019/2020, e só sairia caso a diretoria aceitasse conversar – o que não indica que fará no momento, mesmo em meio a dificuldades financeiras.

“O Besiktas não conversou nada se quer me liberar. Se não falaram nada, acredito que queiram que eu volte (à Turquia). Só que o clube passa por uma crise financeira, está com dois meses de salários atrasados. Não sei se querem resolver a situação antes”, disse Love, que não esconde a torcida pelo Flamengo e o desejo de voltar ao time do coração.

“É legal o carinho que eu recebo. Sou flamenguista, nunca escondi de ninguém, então tem a vontade de vestir de novo a camisa do Flamengo. É que a coisa não é tão simples assim. O pessoal pergunta: ‘E aí, volta?’. Se dependesse da minha vontade, já estaria aqui. A gente tem que agir da maneira correta. Não sei o que o Besiktas vai querer, se quer continuar comigo nas próximas duas temporadas. Saí de férias, a princípio me apresento dia 25 de junho em Istambul. Aí vamos ver o que vai acontecer”, declarou também.

 

FONTE : UOL ESPORTES

Compartilhar
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
8 views

Deixe uma resposta